Ir para o conteúdo

José Bonifácio - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Turismo
A CRIAÇÃO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA E O TRABALHO DO SERVO DE DEUS MONSENHOR ÂNGELO ANGIONI
Turismo Religioso
Sobre o local

Ainda vilarejo Cerradão (primeiro nome dado a cidade de José Bonifácio) devotos da comunidade construíram uma capela (em 1913 de pau-a-pique e em 1914 de alvenaria) quando o então arcebispo de São Carlos, Dom José Marcondes Homem de Mello, notando os esforços da comunidade, criou a primeira Paróquia da cidade, chamada de São João Batista de Cerradão, tendo nomeado como pároco, o cônego Paschoal Maria Quércia.

Durante anos, importantes religiosos passaram pela paróquia, onde citamos padre Agostino dos Santos Pereira, que administrou a paróquia por sete anos, de 6 de janeiro de 1928 até abril de 1935. Padre Maurício Caputo, italiano de Salerno que teve como missão concluir as obras da Nova Matriz, que foi consagrada em 01 de outubro de 1940. Padre Maurício Caputo ficou em José Bonifácio de 8 de fevereiro de 1937 até 05 de abril de 1952, quando o mesmo é transferido para a cidade de Ibirá, já como Cônego, dentre outros que passaram pela igreja.

Pouco antes da transferência do Cônego Maurício Caputo para Ibirá, chega, em 18 de novembro de 1951, enviado pelo bispo Dom Lafayete para ser coadjutor pastoral do padre Caputo (já como Cônego) Padre Ângelo Angioni, que pouco tempo depois passou a ser chamado de “Padre Anjo” pelos fiéis e assumiria como pároco da Matriz. Ângelo Angioni realizou grande trabalho frente a Paróquia São João Batista, onde comandou pastoralmente por 57 anos, até sua morte, em 15 de setembro de 2008, como a implantação, na década de 1960, de uma escola profissionalizante e, no mesmo período, surgiram os primeiros traços da fundação do Instituto Missionário que iria congregar sacerdotes, diáconos, religiosos e leigos.

Durante o desenvolvimento do ministério sacerdotal do Servo de Deus Ângelo Angioni a frente da paróquia, muitos padres queridos pela população passaram pela nossa cidade, onde destacamos o padre italiano Cesarino Pietra (ainda atuante em nosso município), padre Mauro Ziati Pereira (que assumiu a paróquia após a morte do Monsenhor Ângelo), padre Sander Marcos de Freitas Vieira (atual pároco da Igreja São João Batista) dentre outros, agregando e congregando muito a comunidade.

Nos últimos anos, houve a reforma e ampliação da Paróquia São João Batista, construção da então igreja Sagrada Família e Santos Reis (hoje Paróquia). Ocorreu também, a construção da capela de Santa Rita de Cássia e São Judas Tadeu como a salas de catequese e casa paroquial da Paróquia São José.

Hoje, a Paróquia São João Batista conta com o Pároco Sander Marcos de Freitas Vieira e com os padres Rubens Carlos Severino e Padre Cesarino Pietra e a paróquia administra 16 igrejas, sendo elas: Matriz São João Batista, seis capelas urbanas: Capela de Santa Teresinha (bairro Santa Teresinha); Capela São Vicente de Paulo (Jardim José de Almeida); Capela Nossa Senhora das Dores (Santa Casa); Capela Nossa Senhora Aparecida (bairro Santa Maria); Capela Nossa Senhora do Rosário (bairro Vila do Rosário) e dez capelas rurais: Capela Nossa Senhora Aparecida (bairro Bananal); Capela Santa Luzia (bairro de Santa Luzia); Capela São Sebastião (bairro Cardoso); Capela no Pantaninho; Capela Santa Marta (condomínio Nova Yorque); Capela Nossa Senhora Aparecida (bairro Patrimônio dos Machados); Capela São Benedito (bairro Matão); Capela São Sebastião e Imaculada Conceição (bairro Barra Grande); Capela Nossa Senhora Aparecida (bairro Leuza); e Capela Nossa Senhora Aparecida (bairro Tanquinho).

Galerias de Fotos Vinculadas
20/05/2020
A CRIAÇÃO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA E O TRABALHO DO SERVO DE DEUS MONSENHOR ÂNGELO ANGIONI
Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia